Minas Gerais recebeu nesta segunda 54 médicos cubanos para recompor o Programa Mais Médicos no Estado

Na manhã desta segunda-feira (26/6), 54 médicos cubanos, que irão recompor o Programa Mais Médicos, em Minas Gerais, desembarcaram no Aeroporto Internacional Tancredo Neves, na Região Metropolitana de Belo Horizonte (RMBH). A superintendente de Atenção Primária à Saúde da Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais (SES-MG), Ana Paula Medrado, explica que essas médicas e médicos irão recompor o quadro de profissionais de 42 municípios mineiros que solicitaram a manutenção do Programa.

“Antes de desembarcar em Belo Horizonte, esses profissionais passaram por um período de acolhimento, em Brasília, e receberam capacitação voltada para o nosso Sistema Único de Saúde. Todos eles são profissionais com formação em medicina preventiva e estão prontos para atuar nas Unidades Básicas”, afirma Ana Paula Medrado. A previsão é que outros 22 profissionais desembarquem nos aeroportos mais próximos ao municípios onde atuarão, na próxima quarta-feira (28/6), totalizando, dessa forma, 76 médicos.
  
A gestora do município de Conceição das Pedras, Flávia Renata Pereira, destaca que esses profissionais são aguardados com muita expectativa. “Nós já contávamos com uma médica do programa, mas ela precisou retornar a Cuba. Essa profissional vinha fazendo um ótimo trabalho e, hoje, a expectativa é a melhor possível para receber a nova médica que virá para o nosso município”. A médica Dailen Perez, que atuará no município de Igarapé, destaca a importância dessa experiência. “Para mim, em particular, é uma experiência maravilhosa. Todos nós somos muito solidários e gostamos de nos comunicar com os pacientes. Nosso objetivo e desafio aqui é contribuir para uma melhora na qualidade da saúde pública”, explica a médica cubana.
 
O Programa: Criado em julho de 2013, o Programa Mais Médicos objetiva não só enfrentar a escassez de médicos, que pode comprometer a promoção de um Sistema Único de Saúde (SUS) mais justo e equânime, mas também de possibilitar um melhor desenvolvimento da Atenção Básica no país

Dessa forma, o Programa recruta profissionais graduados no Brasil e fora do País, brasileiros e estrangeiros, para atuar nas áreas com maior necessidade e, assim, garantir à população o direito concreto ao acesso universal e de qualidade aos serviços de saúde. Os profissionais que integram o Programa atuam na Atenção Básica, porta de entrada preferencial do SUS. De acordo com o Ministério da Saúde, é neste atendimento que 80% dos problemas de saúde são resolvidos. Saiba mais sobre a atenção primária e o Sistema Único de Saúde em: www.saude.mg.gov.br/sus

Confira aqui a lista de municípios que receberão os 76 médicos cubanos, do Programa Mais Médicos: www.saude.mg.gov.br/component/gmg/story/9543

Ver Mais Notícias


14 Comments

    1. Sim, por isso Lula irá ganhar novamente em 2018 (datafolha 20/06/2017 – 30% contra 16% do louconário). Médicos cubanos são exemplos para essa ..de médicos nacionais… Eu precisei em um municipio extremo e pequeno de medico e existia um Cubano por lá, pois médicos brasileiros não querem estar nesses extremos e sem altos salários e regalias. O médico cubano me atendeu excelentemente bem.. eu nunca vi coisa igual. Ele me trouxe no carro dele até um hospital próximo da cidade (100 km) do interior em que eu estava, não me pediu dinheiro algum. Ele foi crucial a minha sobrevivência. Hoje eu clamo por mais médicos cubanos! Muitas pessoas não tem conhecimento da vida, julga muito sem estudar ou ler de fontes confiáveis de informações. Sabem repetir as coisas, são facistas repetidores de informações. Mas acredito que você seja um cara esperto, por isso do comentário, deve estar sondando se foi o PT quem fez para em 2018 marcar o voto no 13 por isso!  Eu consigo responder sua pergunta. Sim, é um projeto do PT que deu super certo! Eu já precisei de um médico desse e nunca vi tratamento excelente igual. Hoje eu defendo 100%. Um grande abraço Carlos. Se um dia você precisar de uma urgência médica, procure um desses cubanos, você será muito mais feliz e verá a minha justificativa ao projeto e até mesmo ajudará a difundir essa maravilha de projeto. Médicos brasileiros são capitalistas ao extremo. … Se você tem grana você é bem atendido, caso não, eles esperam que o SUS enfiem bastante dinheiro neles para lhe atender. E como você tem conhecimento, muita das vezes, mesmo tendo plano ou pagando particular, …. Bem vindo ao Brasil. …

      1. Olha vc devia então se informar mais pq mts deles nem médicos são! Mas se consulta com eles sim! Inclusive opera com eles, qdo precisar de ortopedista vai até eles( afinal de contas te deu carona né, eh bonzinho, afinal de contas ele não ia saber resolver seu problema portanto te levou no carro dele até o hospital, mas vc jura que foi pq ele eh bonzinho né? E outra, vc acha bonito trabalho escravo? Parabéns seu mercenario!

        1. Quando vc nao tem nenhum medico, (que quer ficar milionario cobrando um terço do salario minimo em uma consulta), que queira atender em areas mais humildes, e melhor uma benzedeira do que nada!!!!! …

          1. Deus me livre de benzedeiros, minha vida vale mais que isso é vale mais que um terço do salário, ganho 2 salários mas pago médico se eu precisar, infelizmente não da pra contar tanto com o sus, e  prefiro pagar médico do que pagar plano de saúde td mês! E vc não imagina o que um médico gasta pra se formar e só trabalha com salário atrasado e sem carteira, já trabalhei em hospital e sei bem que a maioria deles pra tirar férias tem que pagar substituto! 

  1. Certo, os médicos Cubanos talvez tenha acesso aos estudos em Cuba de uma maneira quase gratís, e os dirigentes cubanos ganham em cima disso , talvez a  a metade do dinheiro , ou mais, agora casos mais complicados não sei se eles resolvem, talvez não.

  2. Não julguem os medicos cubanos sem conhece-los pois conheço e posso dizer que não são ruins, e outra atedem muito bem sem ver a quem se é rico se é pobre branco ou negro, agora me diz ai os sabidonhes pq pra muriaé não veem? Pq vai tirar vaga de medicos que estão ali por dinheiro e não pela vida? Dificil né.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *