Convênio entre Hospital São Paulo e Unifaminas vai permitir funcionamento de 11 Ambulatórios de especialidades no HSP

Messias Vardiero – Provedor do HSP

Dr. Cláudio Pompei – Diretor Clínico do HSP

Luisa Varella – Vice Reitora do Unifaminas

POPULAÇÃO GANHA MAIS UM REFORÇO NA ÁREA DA SAÚDE

A Solenidade de Assinatura do Convênio e Entrega do Ambulatório de Especialidades aconteceu às 14 horas desta quinta-feira, no Hospital São Paulo e contou com a presença do corpo clínico, diretoria e funcionários representando todos os setores do HSP e diretoria do Unifaminas Muriaé, bem como da reitoria e representantes do curso de medicina.

O novo setor do HSP contará com 11 ambulatórios para atendimento de várias especialidades e toda a estrutura foi feita pelo Unifaminas, que terá neste espaço que amplia também o atendimento à população, seus acadêmicos atuando sob a coordenação dos médicos do hospital. 

Em sua fala, o Provedor do HSP, Messias Vardiero, destacou que era uma satisfação ver esta estrutura moderna e pronta para começar a funcionar oferecendo conforto aos médicos, pacientes e residentes; fruto do Convênio de Cooperação entre a Casa de Caridade Hospital São Paulo e a Lael Varella de Educação e Cultura – UNIFAMINAS, que ali estava representada pelo Reitor, Luciano Varella, pela vice-Reitora, Luísa Varella e pelo Pró-Reitor Administrativo, Eduardo Goulart. Também presente o deputado federal, Misael Varella e o diretor da Fundação Cristiano Varella, Sérgio Dias Henriques.

“Este convênio pode permitir no futuro a criação do Hospital Escola. Agradeço o Unifaminas pela reforma e bom gosto e agradeço também a todos os envolvidos, bem como a funcionária Terezinha Fintelman, que com sua prática e dedicação ao hospital, sempre atende a tempo e a hora, todos os assuntos a ela dirigidos, planejando todo o desenvolvimento dos setores daqui para frente” disse. 

O Diretor Clínico do HSP, Dr. Cláudio Pompei disse que o momento é especial para celebrar… celebrar conquistas que não só engrandecem os conquistadores, como fortalecem e garantem benefícios para aqueles que usufruirão dos serviços oferecidos que ora inaugurava. 

“É importante salientar que os benefícios dos empreendimentos não serão apenas os imediatos, mas, sobretudo, vislumbram um futuro promissor.  Agradeço nominalmente a todos os envolvidos neste projeto e à minha esposa, uma das grandes incentivadoras. 

A referida obra (Ambulatório de Especialidades Médicas Padre Maximino Benassati, valem como um atestado veemente de nosso interesse por acelerar o ritmo do desenvolvimento geral e grandioso de nossa cidade, representa um passo largo no caminho do desenvolvimento regional”, disse o médico.

A vice-reitora do Unifaminas, Luísa Varella agradeceu a todos pela presença e no início de sua fala destacou: “O Hospital São Paulo com certeza é o maior e que tem a melhor estrutura de todos os hospitais regionais, ideal para este projeto que trará grandes benefícios para ambas as partes e principalmente para a população”. O projeto de execução da obra foi do arquiteto, Nilo Campos, acompanhado pela engenheira do HSP, Ibia Nara.

Veja a Galeria de Fotos clicando logo abaixo e "Leia Mais". 

 

Ver Mais Notícias


24 Comments

    1. A primeira coisa que o SUS do HSP precisa receber é MAIS VERBA, preferencialmente do mesmo montante que a FCV recebe. Não adianta cobrar resultados se não há condições ideais de trabalho, e ainda se entope o plantão com pacientes de TODAS as cidades da região, inclusive de outros estados. Não há colaboração financeira das cidades vizinhas, mas as mesmas sempre demandam por atendimento. A propósito, quando você tiver uma crise de rins ou uma virose, procure o pronto socorro da FCV, ok?

      1. Ué, que coisa esquisita. Educação no trato com as pessoas não depende de dinheiro. Em momento nenhum a pessoa que comentou disse algo a respeito de estrutura e condições de atendimento. Se você está insatisfeito com seu trabalho estressante no PS do hospital, dá linha na pipa que aposto que tem um monte de gente disposto a trabalhar o oferecer um mínimo de educação e respeito aos seus "clientes". Não esqueça dessa palavra, "cliente", pois sendo de Muriaé, sendo de Eugenópolis, sendo da China, o hospital recebe pelo atendimento, além do que recebe inúmeras verbas extras de deputados. Se a conta não está fechando, o funcionário da portaria, da recepção, de qualquer setor, desde que esteja recebendo o que foi combinado e em dia, não tem que atender as pessoas com falta de educação. Más ao funcionário mal educado (caso exista), não direciono a ele minha crítica, direciono à administração, pois se está pagando em dia, deve exigir dos funcionários polidez e educação no trato com seus clientes. O Hospital, apesar de receber verbas públicas, é uma instituição privada, e deve sim cobrar postura de seus funcionários. Fica a dica. 

  1. Muito bonito a presença maciça do corpo clínico,que demonstra a liderança e apoio a iniciativa do diretor médico.Faltou inaugurar o setor onde ele trabalha que tambem sofreu reforma.

    1. Denise, bom dia.

      A Casa de Caridade Hospital São Paulo é um parceiro da Unifaminas.

      Essa parceria permitirá novos investimentos visando sempre o atendimento médico da população de Muriaé e região, colaborando também na formação de médicos .

      Claudio Pompei  – Diretor Clínico

  2. NAO; O UNICO LUGAR DE MURIAE QUE TEM TODAS AS ESPECIALIDADES MEDICAS 

    E O HOSPITAL SAO PAULO., A FUNDAÇAO NAO TEM, NEM OS DEMAIS , PORTANTO 

    O CONVENIO FOI   PROVEITOSO PARA A FAMINAS , QUE COM CUSTO BAIXO, POIS A REFORMA 

    NAO IMPLICA GRANDE MONTANTE  FINANCEIRO, CONSEGUIU UM LUGAR PARA COLCAR OS RESIDENTES PARA  TRABALHAR OU PRATICAR .

  3. acho que  deveria ser cobrado dos prefeitos das cidades vizinhas tambem colaboraçao  ou   mandar de volta os pacientes deles . estou cansada de ver gente de outras  cidades  nos postos pegando vagas de pessoas de muriae sendo que eles  tambem devem receber verbas do governo .

  4. Pessoal,pra que tanto rancor no coração …se coloquem no lugar dos moradores das cidades vizinhas quando esses não encontram atendimentos nas suas respectivas cidades,Por ventura deixariam morrer sem serem atendidos  ,ou correria para a cidade mais próxima…saúde é direito de todos…um dever do estado e um socorrer ao próximo , um ato CRISTÃO !!@

  5. Parece que tem gente que nasceu reclamando ou já reclamava no útero. Acordam todos os dias pensando sobre o que vão reclamar o dia inteiro. Da pena de verdade. É mto rancor, mágoa, revolta… infelicidade total! Basta lerem o título de uma matéria que já saem chutando o balde sem nem ao menos se informar sobre o assunto. Reclamam aqui, reclamam na rua, no bar, na praça… por onde quer que se vá tem um monte de "seca pimenteiras". Essa gente infeliz já tá enchendo o saco há mto tempo. E antes que alguém poste alguma baboseira sobre meu comentário, já vou logo dizendo que sou pobre, trabalho mto, passo dificuldades como a maioria dos brasileiros, fico indignado com a corrupção e o descaso de nossas autoridades, mas não fica por aí  me lamentando e dizendo bobagens. Vou a LUTA e não espero nada do poder público. 

  6. ANO DE ELEIÇÃO APARECE DE TUDO , PODE ATÉ FUNCIONAR POR UM TEMPO ,PASSOU AS ELEIÇÕES …AI É OUTROS 500 ….DEPUTADOS DE MURIAÉ ESTÃO QUEIMADOS POR SUAS ATITUDES NOS ÚLTIMOS TEMPOS , NÃO ME VENHAM BANCAR DE BONZINHO AS VESPÉRAS DAS ELEIÇÕES ….O POVO JÁ NÃO É BURRO MAIS E ESTA SOFRENDO DEMAIS !!! 

  7. Sempre fui muito bem atendido no hospital São Paulo, não tenho nada a reclamar dos funcionarios, só agradecer. O que eu posso dizer pro Mauricio é o seguinte: va atraz do prefeito e pergunte a ele o porque de toda aquela verba pra fundação e aquela miséria pro hospital, se vc não sabe, tudo neste mundo só funciona bem se não faltar dinheiro.Fique sem dinheiro durante 30 dias e tente manter o sorriso na cara.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *