Intervenção na segurança do RJ obriga Minas a reforçar ações nas divisas. Em Muriaé, grande operação

DEZENAS DE POLICIAIS DE MURIAÉ, JUIZ DE FORA E BH ESTÃO ESPALHADOS NAS DIVISAS DE ESTADO DESTA REGIÃO

Uma grande operação nas divisas dos estados de Minas Gerais e Rio de Janeiro nesta região, conta com dezenas de policiais militares do 47 BPM de Muriaé, do Gate de Juiz de Fora, da Rotam de BH, da Polícia Ambiental, Polícia Civil e Polícia Rodoviária Federal. 

A operação acontece ao mesmo tempo nas divisas de Antônio Prado de Minas-MG/Porciúncula-RJ; Barão do Monte Alto-MG/Laje do Muriaé-RJ;  Eugenópolis-MG/Raposo e Itaperuna-RJ; Palma-MG/Miracema-RJ e Patrocínio do Muriaé-Laje do Muriaé-RJ.

O objetivo é reforçar as divisas para evitar a chegada de bandidos do Rio de Janeiro que podem deixar a capital devido a intervenção militar na área da segurança. 

Os governos de Minas, Espírito Santo e São Paulo já se reuniram com o Ministro da Defesa, Raul Jungmann e com o presidente Temer para tratar deste assunto.

Secretário de Segurança de Minas Gerais se reúne ministro da Justiça e propõe esforço de inteligência integrado

O secretário de Segurança Pública de Minas Gerais, Sérgio Barboza Menezes, participou nesta quinta-feira (22/2) de uma reunião com o ministro da Justiça, Torquato Jardim e os secretários de segurança de São Paulo, Mágino Alves Barboza Filho, e do Espírito Santo, André Garcia, na capital paulista. Sérgio Menezes pediu a agenda conjunta na última semana para conhecer detalhes da ação prevista pelo Governo Federal no Rio, após o anúncio da intervenção na área de segurança pública. 

A intenção, segundo ele, foi conhecer o plano com os detalhes que o tema exige e, com isso, promover o alinhamento preventivo entre os estados vizinhos. O reforço na segurança pública em Minas Gerais é uma determinação do governador Fernando Pimentel. No encontro, Sérgio Menezes propôs o reforço da integração entre as inteligências de Minas, São Paulo, Rio e Espírito Santo, com troca de informações de forma contínua e com acesso a possíveis alertas e movimentos identificados da ação no Rio. 

O secretário mineiro sugeriu ainda a reativação de um comitê muito bem-sucedido no estado, nas Olimpíadas em 2016, chamado de Comitê Executivo de Segurança Integrado Regional (Cesir). Por meio do Centro Integrado de Comando e Controle Regional (CICCR), do Governo do Estado, a Secretaria de Segurança Pública (Sesp), Polícia Militar, Polícia Civil, Corpo de Bombeiros Militar, Polícia Federal, Exército, Polícia Rodoviária Federal e Sistema Prisional atuariam em conjunto, de forma a tomar decisões estratégicas de forma integrada, rápida e inteligente.

Reforço de policiamento e CICC Móvel: Como apoio no reforço das divisas de Minas, uma superestrutura de segurança para vigilância das áreas limítrofes será utilizada em estradas de regiões vizinhas ao Rio, como Juiz de Fora. Os detalhes da operação ainda estão sendo fechados e serão divulgados em breve.

O CICC Móvel é uma carreta com tecnologia embarcada, câmeras que se elevam 30 metros e alcançam até 5km, com imagens nítidas e visão térmica e noturna. Do local, várias instituições poderão trabalhar de forma conjunta e abordar pessoas e veículos utilizando cruzamento de bancos de dados e sistemas como leitura de placas, consulta de foragidos, etc. 

Veja a Galeria de Fotos da operação em Muriaé clicando logo abaixo em "Leia Mais"

Ver Mais Notícias


13 Comments

  1. Essa intervenção é na cidade do Rio de Janeiro e não no Estado do  Rio de Janeiro, bandidos irão enterrar armas, drogas e, com certeza deixar a cidade até  o exército ir embora, o que pode durar no máximo 15 a 30 dias. Eles não vão sairem do estado. 

  2. ESTE INTERVENÇÃO DEVERIA SER TAMBÉM NA MENTE DAQUELES QUE SOBEM OS MORROS PARA COMPRAR DROGAS CHAMADOS DE USUÁRIOS MOSTRANDO A ELES CLARAMENTE O QUE ELES ESTÃO ALIMENTANDO PAÍS A FORA COM SUAS ATIDUDES E TAMBEM AQUELES QUE GOSTAM DE  COMPRAR PRODUTOS DE PROCEDENCIA DUVIDOSAS .

  3. HOJE EU PRESENCIEI JUNTOS AOS TELEJORNAIS UMA POSIÇÃO DO MINISTRO RAUL JUNGMANN QUE COMUNGA COM A MINHA POSIÇÃO  RELATADA NESTE ESPAÇO,ONDE ELE DIZ QUE OS MESMOS CIDADÃOS QUE CLAMA POR SEGURANÇA DURANTE O DIA A NOITE ESTÃO SUBINDO OS MORROS PARA COMPRAR DROGAS,ASSIM FINANCIANDO DIRETAMENTE O CRIME ORGANIZADO.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *