Tentativa de homicídio no distrito de Vermelho. Dois suspeitos foram presos pela PM logo em seguida

RAPAZ DE 20 ANOS DE IDADE FOI ATINGIDO POR QUATRO TIROS NA PORTA DE CASA EM VERMELHO. A Polícia Militar de Muriaé foi acionada para comparecer no distrito de Vermelho, sendo que por lá havia um homem baleado e já estava identificado, pois ele mesmo acionou o 190 narrando o ocorrido e que aguardava o atendimento do SAMU. 

“Os autores dos disparos teriam evadido sentido ao Condomínio Nova Muriaé. A PM recebeu informações sobre os suspeitos e que um deles seria morador do Nova Muriaé. Durante as buscas naquela região visualizamos no meio do mato dois indivíduos trajando camisa preta e um deles com boné vermelho. Foi montado o cerco na mata e eles ao ver a polícia correram, sendo perseguidos, demos ordem de parada, mas não obedeceram. 

Durante a fuga eles chegaram a sofrer queda uma vez que o local é bastante acidentado em seguida foram alcançados, tendo demonstrado resistência à abordagem policial entrando em luta corporal com os militares, sendo necessário uso de força proporcional à resistência dos mesmos. Vale ressaltar que no momento da abordagem os autores já se encontravam sem as camisas que foram encontradas pela rota de fuga. Foi realizada busca pelo caminho, mas nada foi encontrado. No momento da prisão foi feita a identificação, um deles com 17 anos de idade. 

A vítima narrou que estava na porta de sua residência, na Rua Ivo Junqueira Passos quando ouviu um barulho, vendo dois indivíduos deslocando em sua direção, um deles com arma de fogo em punho que iniciou uma sequência de disparos na sua direção, sendo que procurou se esconder na casa de um vizinho, sendo atingido por quatro disparos: 01 na perna esquerda que atravessou 01 no antebraço direito, 01 na cabeça e 01 nas costas, tendo este permanecido internado sob observação médica. 

A vítima relata não ter identificado os autores. Fomos informados também da rivalidade existentes entre alguns jovens naquela região, mas o caso será passado para a Polícia Judiciária. Na mata estavam um boné vermelho, um celular, pedaços de bolo e alguns feixes de lenha, dando a entender que os autores pretendiam permanecer por longo período naquela área" relata a PM.

VEJA O VÍDEO DA ENTREVISTA COM O PM BENEVIDES. 

Ver Mais Notícias


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *