“Iconha acabou, acabou tudo.. é incalculável os prejuízos”, diz prefeito da cidade

Fotos: registros da TV Gazeta

Situação é muito crítica na cidade de Iconha, no Sul Capixaba, a mais afetada pelas fortes chuvas e inundação na noite de sexta-feira e madrugada de sábado. A Defesa Civil contabiliza seis mortos (três em Iconha e três em Alfredo Chaves) além de 78 pessoas fora de casa, 23 desabrigados e 55 desalojados, cinco casas destruídas pelas chuvas e dois prédios interditados, isso somente em Iconha, uma cidade conhecida dos muriaeenses que tem muito carinho e relacionamento estreito com o estado do Espírito Santo, devido às suas praias e simpática recepção aos mineiros.

O prefeito de Iconha-ES, João Paganini, após fazer uma avaliação dois dias após o temporal e inundação, que atingiram fortemente a cidade e seus distritos, disse que é muito prejuízo: “é incalculável os prejuízos”. O Centro da cidade foi devastado. Fotos: Internauta: Lucas Knupp/A Gazeta/Defesa Civil.

As águas das enchentes do Sul do estado chegam à praia de Piúma com muito lixo e entulhos

Ver Mais Notícias

2 Comments

  1. Acabou para quem teve as casas invadidas pela correnteza do rio Iconha, para o comércio do centro que ficou com água acima de 2 metros e para quem teve as casas destruídas na beira do rio Iconha( agora o que tem de casa praticamente dentro do leito do rio Iconha, não é brincadeira). Mas centenas de casas e prédios baixos na cidade não sofreram com a inundação,por ficar em lugares altos.
    Acompanho notícias de enchentes em Minas, Espírito Santo desde janeiro de 1979, quando Minas e o estado Capixaba tiveram mais de 60.000 desabrigados em janeiro e fevereiro de 1979.Nessa época a cidade de Iconha também sofreu com enchentes, mas tinha bem menos casas na beira do rio.
    Nos próximos 10 a 15 dias Minas e Espírito Santo vão ser atingidos por quantidade excessiva de chuvas, as chuvas já vão criar problemas já nessa semana que se inicia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *