Tremor de Muriaé foi de 1.9 na Escala Richter medido pelo Centro de Sismologia da USP

PREFEITURA DE MURIAÉ VAI CONTRATAR ESPECIALISTA PARA VIR À CIDADE, MENOR QUE OS DOIS ÚLTIMOS OCORRIDOS NO DIA 21/02 QUE CHEGARAM A 2,2 E 2,4 GRAUS NA ESCALA RICHTER

Para buscar informações concretas a respeito do tremor de terra ocorrido na madrugada desta terça-feira de carnaval (25) em Muriaé, a Prefeitura entrou em contato com o geógrafo Márcio Malafaia Filho. Ele é muriaeense e atualmente é pós-doutorando em Ciência do Sistema Terrestre pelo INPE.

Também conseguimos informações obtidas junto ao técnico em sismologia José Roberto Barbosa, que trabalha há 40 anos no Centro de Sismologia da Universidade de São Paulo (USP).

O tremor ocorreu à 0h14 e foi de 1.9 na Escala Richter. A informação está disponível no site do laboratório da USP: moho.iag.usp.br/eq/latest/.

Apesar de ter sido mais fraco que os dois tremores ocorridos na sexta-feira anterior (um de 2.2 e outro de 2.4), a sensação de ter sido mais forte se dá possivelmente em virtude da profundidade onde o abalo sísmico ocorreu em relação à superfície.

Os tremores de terra em Muriaé provavelmente estão sendo provocados por acomodação natural das rochas que formam a crosta terrestre. Não há como prever se novos abalos vão ocorrer.

E eventos como este evidenciam a carência que o território brasileiro tem sobre o monitoramento contínuo de diversos fenômenos ambientais
.
“É inegável que está havendo atividade sísmica, felizmente de tremores pequenos e dentro da média que ocorre em território nacional, que não causam grandes problemas além do susto”, informou o técnico da USP, José Roberto Barbosa.

Por fim, para promover mais clareza à questão, a Prefeitura de Muriaé vai solicitar à Coordenadoria Estadual de Defesa Civil a vinda de um técnico especializado a Muriaé, a fim de realizar os estudos pertinentes ao caso.

A Prefeitura de Muriaé está mobilizada para prestar atendimentos à população. Em caso de necessidade, a Defesa Civil deve ser acionada pelo celular de plantão: (32) 98826-9846.

Ver Mais Notícias

3 Comments

  1. Preocupada com esses tremores e principalmente com as barragens de Pirapanema e Miraí.
    Alguém pode nos dar uma explicação sobre o que está acontecendo?
    Disseram que em Mariana e Brumadinho ouviram e sentiram tremores dias antes da tragédia acontecer!

  2. A pergunta é?
    Quais são as causas desses abalos
    Na região não tem histórico de tremores de terra
    Em uma semana já sentimos 3 tremores
    Explicações concretas quem vai se pronunciar quais as medidas a tomar o que fazer
    Tem que investigar
    Existe uma conversa que estão fazendo explosões
    profundas subterrâneas na regiao
    Outra pergunta estes abalos podem comprometer a barragem, afetar e causar danos
    Quem é responsável pelos danos nos imóveis e em caso de perda do imóvel quem irá se responsabilizar, o que fazer nestes casos como proceder.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *