Homem suspeito de envolvimento na morte do próprio irmão é preso pela Polícia Civil

Uma operação da Polícia Civil de Muriaé na manhã desta terça-feira (7) teve como resultado a prisão de um homem (L. G. C., de 43 anos) suspeito de ter participado da morte do próprio irmão, cujo corpo foi localizado já em estado de decomposição, às margens do Rio Glória, na estrada de acesso a comunidade de Patrimônio dos Carneiros.

A vítima, Leandro Guimarães Cataldo, 50 anos, foi visto pela última vez no dia 12 de fevereiro, ao sair de sua residência para realizar aquilo que seria um frete com sua caminhonete VW Saveiro, Prata.

Sem notícias, a família dele chegou a procurar pela polícia pra noticiar seu desaparecimento, na data de 17 de fevereiro. No dia 19 de fevereiro, o Corpo de Bombeiros foi acionado para o encontro de um cadáver já em avançado estágio de putrefação.

“O corpo, que apresentava marcas de ação contundente na cabeça, inclusive, com esmagamento parcial da calota craniana, estava envolto a um plástico preto e amarrado com duas barras de concreto, utilizadas para mantê-lo submerso.

Registro do dia que o corpo foi encontrado na Represa de Itamuri

Verificado se tratar de homicídio os agentes da DHPP/4a DRPC iniciaram os levantamentos e identificaram uma série de contradições no depoimento do irmão da vítima.

A investigação também levou a um segundo suspeito, que tentou vender o veículo da vítima no mercado paralelo. W. B. O., de 22 anos, que foi capturado em sua residência, no bairro São Pedro, também nesta terça-feira. Os investigadores suspeitam que a motivação do crime esteja relacionada a disputa familiar entre os irmãos, envolvendo terras da família, que possui uma propriedade rural em Miradouro.

A investigação prossegue junto a Especializada, que mesmo com as atividades contingenciadas continua a trabalhar nos casos de homicídio” relata a Polícia Civil de Muriaé que teve a frente da operação, o delegado Tayrony Espíndola Borges.

Ver Mais Notícias


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *