Jornalista Gilberto Dimenstein morre aos 63

Com Dimenstein em SP em junho de 2012

Morreu nesta sexta-feira, em São Paulo, o premiado jornalista e escritor, Gilberto Dimenstein, 63 anos de idade. Autor de mais de 10 livros, Dimenstein lutava desde o ano passado contra um câncer no pâncreas. Ele trabalhou também como colunista no jornal “Folha de S. Paulo”, “Jornal do Brasil”, “Correio Braziliense”, revista “Veja” e comentarista da rádio CBN. É o fundador do projeto Catraca Livre, uma plataforma multimídia de jornalismo educativo que divulga atividades culturais gratuitas em São Paulo. Em 1994, publicou “O Cidadão de Papel”, que ganhou os Prêmios Jabuti e Esso de melhor livro de não-ficção daquele ano.

Foto: Iara Morselli/Estadão Conteúdo
Foto: Divulgação/Catraca Livre

Em 12 de junho de 2012, o Site Silvan Alves participou do 1º Workshop Blogueiros Campeões de Audiência em São Paulo, e um dos palestrantes era Gilberto Dimenstein, e na ocasião, quando já era diretor do Catraca Livre, eleito o melhor blog do mundo na Categoria Cidadania, tive a oportunidade de interagir com o premiado jornalista, inclusive caminhando com ele até a estação do metrô.

Ver Mais Notícias


One Comment

  1. Lamentável sempre acompanhei seus comentário na site catraca,o jornalismo ta ficando órfãos P.H. amorim ,Ricardo Boechat,Ronan soares,Nirlando Beirão,Kityy Balieiro,Sergio Noronha,Fernando Sandoval,Hércules Santo,Miguel Torres, Salomão Schvartzman, Juarez Soares,Lena Guimarães,Rafael henzel João Claudio, Roberto Avalone Marcelo Rezende que pena,

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *