Coronavírus: Muriaé tem pela primeira vez menor número de infectados em 40 dias

Muriaé registrou nesta quarta-feira, dia 8 de julho, o menor número de novas infecções diárias por coronavírus desde 29 de maio. Foram confirmados mais nove casos entre moradores locais e apenas um entre pessoas de fora. O número de muriaeenses curados, por sua vez, teve o maior crescimento já registrado, subindo de 457 para 522 entre ontem e hoje. Ou seja, 65 pessoas foram consideradas como recuperadas da Covid nas últimas 24 horas.

Mesmo com as boas notícias, a Secretaria Municipal de Saúde reforça que ainda é cedo para confirmar se os números refletem uma real desaceleração da doença ou se mostram apenas uma oscilação.

“Precisamos aguardar o término da primeira quinzena de julho, para que os dados sejam então comparados com os da quinzena anterior. A análise por dia não é a mais adequada, mas já nos traz uma esperança para a diminuição do ritmo de contágio”, informa a coordenadora do Departamento de Vigilância em Saúde, Laura Freitas.

MORADORES DE MURIAÉ: Total de confirmações: 1.081 (ontem eram 1.072); Pacientes ativos: 522 (ontem eram 578); Pacientes curados: 522 (ontem eram 457); Óbitos: 37 (não houve alteração em relação ao último boletim); Em investigação com exame: 56; Em monitoramento sem exame: 527; Descartados: 971

MORADORES DE OUTRAS CIDADES: Total de confirmações: 111 (ontem eram 110); Pacientes ativos: 51 (ontem eram 50); Pacientes curados: 47 (mesmo número de ontem); Óbitos: 13 (mesmo número de ontem)
Em investigação com exame: 08; Em monitoramento sem exame: 07; Descartados: 267.

Ver Mais Notícias


One Comment

  1. Isso é obvio, temos ontem o resultado de 15 dias depois de fechamento do comercio e afastamento social ampliado. Qualquer atitude tomada tem um atraso de 15 para dar resultado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *