Muriaé terá 90% de seu esgoto tratado

Projetos executivos estão em fase final de avaliação junto à Caixa

Muriaé segue no caminho para alcançar uma conquista que está diretamente ligada à saúde de toda a população: tratar mais de 90% de todo esgoto gerado na cidade. Para isso, a Prefeitura, por meio do Demsur e das secretarias municipais de Obras e de Desenvolvimento Social, vem dando sequência aos trâmites de convênio com o Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR), com recursos da ordem de R$ 27 milhões em verbas federais, para a realização de diversas obras que irão ampliar e modernizar o sistema de esgotamento sanitário do município.

Os projetos executivos, que foram elaborados por uma empresa contratada através de licitação, estão em fase final de avaliação junto à Caixa Econômica Federal. A próxima etapa será a elaboração, por parte do município, dos processos licitatórios para execução das obras.

Na prática, o conjunto de ações visa coletar e direcionar o esgoto produzido em diversos bairros para a Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) Principal, localizada às margens da BR-356, próximo ao bairro Padre Tiago (antigos bairros Marambaia e Vale Verde).

As obras a serem executadas são:

– Construção da 2ª etapa da ETE Principal e ETE Padre Tiago;
– Ampliação e substituição de mais de 9 mil metros de redes de manilhas cerâmicas por tubos de PVC na região central da cidade, solucionando os diversos problemas de obstrução e extravasamentos de esgoto;
– Redes coletoras, redes interceptoras, redes de recalque e três elevatórias de esgoto na Barra;
– Redes coletoras, redes interceptoras ao longo do córrego, linha de recalque e uma elevatória de esgoto no bairro Santo Antônio;
– Redes coletoras, linha de recalque e uma elevatória de esgoto nos bairros Edgar Miranda e Porto Belo;
– Redes coletoras, redes interceptoras ao longo do córrego, linha de recalque e uma elevatória de esgoto nos bairros Gaspar e Santa Luzia.

Com a conclusão dos projetos, Muriaé entrará para um seleto grupo de municípios brasileiros que tem quase 100% de seu esgoto tratado.

Para se ter uma ideia da grandiosidade do benefício, a média de tratamento de esgoto das 100 maiores cidades do país é de 56,07%, enquanto que a média nacional é de 46,3%. O levantamento é do Instituto Trata Brasil, divulgado em março deste ano, a partir de dados do Sistema Nacional de Informações sobre Saneamento (SNIS) referentes a 2018. Fotos: Aquivo Prefeitura de Muriaé e Demsur

Ver Mais Notícias


9 Comments

  1. Todo ano eleitoral a mesma história, lá.na primeira administração do José Braz ele falava q Muriaé teria mais de 90% do esgoto tratado e até hj nada. É só milhões pra lá e milhões pra cá e ninguém sabe pra onde foi tanto dinheiro, ….

  2. Ué, mas a propaganda de uma ADM passada dizia a mesma coisa! E a ETE aqui do Santo Antônio continua morta, só começaram com a obra, mais nada.
    E a vergonha que é tbm o fato de a rua nova acabar água todos os dias, principalmente nos finais de semana!!! Isso pq o Demsur faz a maior propaganda de X novos reservatórios.

  3. ….Muriaé nunca teve obra siguinificativo até para tampar os buracos das ruas com reclamações adversas fica meses para tampar buracos crateras nas ruas imagine o resto.
    A não ser os votos de cabresto e de interesses políticos a população e bem informada ela consegue hoje enchergar quem trabalhou e não trabalhou nunca vi uma administração tão escondida igual a essa vereadores e prefeitos aumentos adversos de taxas, iptu, impostos só pensando em arrecadações, teve um período em Muriaé de multas, e rotativo na cidade prejudicando os trabalhadores qual investimento Parano desenvolvimento e crescimento da cidade teve aqui nenhum o povo não e mais ignorante para votar mais não política em ano de eleição ou véspera isso e passado a população aprendeu o que é política, seus reais valores realmente essa administração deve ter cido otima, a melhor para os politicos da cidade …
    PANDEMIA véi bastante verba quase 10 milhões não vi nenhuma ação de barreira sanitária, postos de coleta de teste, orientação e se quer destribuição de remédios só houve falar fica em casa ,bancos lotados sem fiscalização continua e orientação aos que mais precisavam de serem orientados e medicados nao foi visto distribuição de máscaras e etc as cidades que tiveram barrwira sanitária 24 horas 7 dias da semana zeraram ou quase zeraram a contaminação. E me vem falar que administração foi a melhor acho que não sabe o que e ser político não

  4. Essa história é antiga, existe desde a última administração, quando rios de dinheiro foram direcionados para a construção dos centros de tratamento de esgoto nos bairros Safira, Franco Suíço e às margens da BR-356 (antiga Zona). As obras foram até inauguradas. Agora essa história de novo? Estranho isso! Estão pensando que o povo é bobo!

  5. KKKKKKKKKKKK. PODE ATÉ NÃO SER A PIOR PORQUE A CONCORRÊNCIA É GRANDE MAS DAÍ MELHOR ADMINISTRAÇÂO, QUAL SEU CARGO OU VÍNCULO? UM DESSES CONCORRENTES A PIOR PREFEITO TAMBÉM JÁ HAVIA ANUNCIADO A MESMA COISA, OU ESSE POVO NÂO TEM MEMÓRIA. PERGUNTINHA: QUANDO? DIGAM UMA DATA, NÃO É PRESSA, SERVE SE FOR DAQUI A 5 OU 10 ANOS, MAS SEM UMA DATA E COM ELEIÇÕES CHEGANDO TODOS SABEM A INTENÇÃO DESSAS NOTÍCIAS GENÉRICAS QUE JOGAM NA MÍDIA.

Deixe uma resposta para M Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *