Apagões afetaram sistema de abastecimento de água do Demsur em bairros e distritos de Muriaé

“Em função de instabilidade no fornecimento de energia elétrica em diversas regiões da cidade, a Prefeitura de Muriaé, por meio do Demsur, informa que, infelizmente, o sistema de abastecimento de água permanece afetado, resultando em falta de água em diversos bairros e também alguns distritos.

O problema teve início com o apagão ocorrido no fim da tarde desta sexta-feira (02/10), que atingiu Muriaé e várias cidades da região bem como municípios do estado do Rio de Janeiro.

Na manhã deste sábado (03/10), após a Companhia Energisa retomar o fornecimento de energia, recorrendo a uma usina termelétrica de Juiz de Fora, o Demsur conseguiu reativar seu sistema de captação e grande parte de sua estrutura de distribuição de água, chegando a divulgar que o abastecimento seria normalizado ao longo do dia. Porém, diante do cenário de oscilação constante no sistema elétrico, o fornecimento de água segue comprometido, com previsão de normalização até o fim do dia, caso não ocorra novos episódios de queda de energia elétrica.

A autarquia ressalta que segue empenhando todos os esforços possíveis, visando a normalização do abastecimento de água, inclusive com utilização de caminhões pipa, para amenizar o problema, e solicita a população em geral que se esforce ao máximo para economizar água.

Muriaé vive dias de forte calor, com temperaturas muito elevadas, que motivam o aumento do consumo de água, mas nesse momento a colaboração de todos é fundamental.

O Demsur lamenta os grandes transtornos à população e agradece a compreensão de todos”.

Ver Mais Notícias


5 Comments

  1. Claro que a Desenergisa vai continuar afirmando que não é ou foi culpa dela. Só a quantidade de Muriaenses devem ter tido aulas centenas de equipamentos elétricos queimados vai quebrar ela de tantas ações judiciais. Atenção advogados olha o nicho aí batendo na porta.

  2. Esses serviços essenciais como luz, água e internet, se faltarem paralisa o mundo; As empresas tem muita responsabilidade para operacionalizar esses serviços, apesar delas ganharem muito dinheiro, correm o risco de até matar pessoas e falir empresas com as falhas no sistema, mas temos que entender que nada é 100% perfeito e em 99,9% do tempo os serviços são ótimos; Mas ai eu pergunto; Quem vai pagar a formatação do meu pc que danificou o Windows com o apagão? Quem vai pagar a lavagem da minha caixa d’água que encheu de lama? Eu mesmo respondo: Ninguém, deixa de ser chato e para de reclamar.

  3. Infelizmente alguns moradores da rua Astrogildo Figueiredo de Barros na parte alta do João 23 não estão nem aí em economizar ÁGUA, pq hj mesmo na parte da manhã tinham moradores lavando os seus carros e jogando água na rua para acabar com a poeira com isso ocasionando o desperdício de água e não pensando nos vizinhos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *