O MUNDO DOS VIOLEIROS FICOU MAIS TRISTE COM A MORTE DE VALDECIR

VALDECIR, DA DUPLA VALDECIR & ADILLEY 

Ao pé da Maior Viola Caipira do Mundo, projeto que ele acreditou, apoiou e incentivou 

Morreu em Muriaé na manhã deste sábado (19), um dos grandes nomes da música de raiz, o Valdecir, da dupla, Valdecir e Adilley. Valdecir, que também era um grande violeiro, morreu quando chegava em seu bairro de um passeio de bicicleta pela região da Gameleira (Estrada de Barão), onde estava com um grupo de amigos.

Lá ele reclamou de uma dor no braço e resolveu voltar, junto com ele, veio até ao Centro da cidade, o seu primo, o Sr. Chiquinho, 82 anos, o mais velho do grupo. Valdeci veio sozinho para casa quando ao passar pela Av. Silvério Campos, em frente a UNICA do Safira, sofreu um mau súbito, possivelmente um infarto, e caiu em estado gravíssimo. Morreu ainda quando era socorrido por uma equipe especializada do SAMU.

O músico talentoso era muito querido pelos colegas da Associação de Violeiros, na qual sempre participou ativamente, bem como de outros artistas de toda região, como a radialista Giani Carla, João Paulo, Antônio Carlos e muitos outros. Um de seus feitos e que ele se orgulhava muito, foi ter acreditado e ter dado apoio ao projeto da Maior Viola Caipira do Mundo, que fica no distrito de Boa Família. Enchia o peito de orgulho daquela obra de arte. Um disco, “Mão do Criador” foi lançado, mais orgulho ainda.

“MINHA MELHOR AMIGA”: Era assim que o artista Valdecir chamava a radialista e idealizadora do projeto da “Maior Viola Caipira do Mundo”, Giani Carla, e ontem mesmo, ele passou um áudio para a radialista se dispondo em ajudar em um novo projeto. Ele foi o primeiro a acreditar neste projeto artístico que também seria de incentivo ao turismo. “Trabalhou aqui de pedreiro, frequentou meu programa de rádio ao longo de 30 anos. Uma amizade pra toda a vida. Ontem me enviou também uma música, me perguntando o que eu achava. Estou infinitamente triste”, disse Giani Carla.

Uma grande e duradoura parceria com a radialista Giani Carla

“Falar de Valdecir neste momento de comoção e de tristeza é difícil; a voz fica embargada. Vem a mente toda lembrança dos trabalhos que fizemos juntos como as gravações de programas de TV, Rádio, shows, muitas viagens. A gente sabe que a partir de hoje, é mais uma voz que fica em silêncio, é mais uma viola que vai ficar pendurada na parede, além da tristeza que fica no peito da gente, a qual não sabemos quando será amenizada.

Mas existe de conforto neste momento, a trajetória de Valdecir que é muito bonita, ele fez o que gostava de fazer que era tocar, cantar; deixou um CD gravado que vai eternizar o que gostava de fazer. Vai deixar muita tristeza também, pois não era só um músico, era uma pessoa muito bacana, da paz. Que Deus conforte toda a família”, disse o músico Antônio Carlos.

O amigo músico Antônio Carlos sentiu o peso da perda

O corpo de Valdecir será velado no Cemitério Municipal de Muriaé até às 18 horas, depois seguirá para Miradouro, onde será velado e sepultado às 10 horas da manhã deste domingo (20).

MENSAGEM DO RADIALISTA LUIZ CARLOS SANTANA – CATEDRAL

MENSAGEM DA TURMA DO PEDAL SR. CHIQUINHO

Ver Mais Notícias


9 Comments

  1. Parabéns pela reportagem e pelo apoio prestado Silvan, nessas horas que descobrimos os verdadeiros amigos! Valdecir vai deixar muita saudade. Em nome do pedal do Sr Chiquinho, te agradecemos imensamente por tudo! E o nosso consolo é saber que Valdecir está do lado de nosso Deus! ”

    Eu sou a ressurreição e a vida; quem crê em mim, ainda que esteja morto, viverá”

  2. Talentos regionais….ele representou muito a região….
    Alerta…. nós precisamos ter um olhar de fraternidade com nossos talentos regionais…

    Ouvi ele na rádio catedral e contribuiu muito, com certeza…
    Deus o acolha na morada eterna!

    Ficam as boas lembranças….

  3. Homenagem mais que merecida, Sr. Silvan Alves através de sua sensibilidade e meio de comunicação, criando matérias que dão voz a pessoas simples e talentosas, Um verdadeiro exemplo de como se produz conteúdo informativo com uma boa porção de humanização.

  4. Duas coisas ficou em evidência. Primeira que sensibilidade do ilustre Silvan Alves que a todo momento estava em aflição pela vítima e sua preocupação com o ser humano antes da matéria (Parabéns Silvan) Segundo a dedicação dos profissionais do SAMU que não deixaram o homem de lado, com um verdadeiro esforço herculeo para salvar essa vitima. Que Deus abençoe grandemente a vida de vocês.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *