Polícia Civil de MG traz detalhes das novas versões digitais de documentação

Certificado de Registro de Veículo foi integrado ao CRV eletrônico e a autorização para transferência ganhou versão própria. A Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG) concluiu a implantação das versões digitais do Certificado de Registro de Veículo (CRV) e da Autorização para Transferência de Propriedade do Veículo (ATPV). Os novos documentos eletrônicos foram instituídos pela Resolução nº 809/2020, do Conselho Nacional de Trânsito (Contran).

Os antigos CRVs, emitidos em papel moeda até 31 de dezembro de 2020, continuarão válidos por tempo indeterminado. Já os procedimentos de transferência de propriedade permanecem os mesmos. Portanto, quem possuir a antiga versão do documento não precisará realizar a solicitação de um novo Certificado de Registro de Veículo Eletrônico (CRV-e).

A nova versão CRV eletrônico, que começou a valer no dia 4 de janeiro de 2021, foi integrada ao Certificado de Registro e Licenciamento de Veículo digital (CRLV-e), que está disponível desde o ano passado para acesso no aplicativo Carteira Digital de Trânsito (CDT), no site do Departamento de Trânsito de Minas Gerais (Detran-MG) ou no Portal de Serviços do Denatran.

ATPV: A ATPV se desvinculou do CRV (antigo DUT) e se transformou na Autorização para Transferência de Propriedade do Veículo Eletrônica (ATPV-e), documento o qual o comprador e o vendedor declaram estar de acordo com a transferência do veículo. O documento será emitido apenas em casos de venda do veículo.

Para isso, o proprietário (vendedor) deverá solicitar ao Detran-MG, de forma gratuita, a emissão da ATPV-e. O documento poderá ser impresso em papel branco comum, A4, no site do órgão de trânsito estadual.

Com a ATPV-e em mãos, os procedimentos para a transferência de propriedade continuam os mesmos: comprador e vendedor assinam o documento, reconhecem firma em cartório e, por fim, o novo proprietário deve efetivar a transferência no Detran-MG.

De acordo com o Contran, posteriormente, a ATPV-e poderá ser utilizada totalmente na versão eletrônica. Quando a funcionalidade estiver disponível, e vendedor e comprador possuírem os requisitos necessários para assinatura eletrônica da ATPV-e, o preenchimento e a assinatura poderão ocorrer nos sistemas do Departamento Nacional de Trânsito (Denatran), órgão da União, ou dos Detrans, nos estados.

Ver Mais Notícias


2 Comments

  1. Infelizmente hoje os órgãos públicos não estão mais querendo nada com nada. Infelizmente!. Quem quiser que corra atrás, que entre no aplicativo de celular ou internet e pronto. Os atendimentos presenciais estão de mal a pior, tanto em repartições públicas federais, estaduais, municipais, fóruns, agências bancárias, dentre outras… Tudo isso culpam por causa da pandemia do Coronavírus. Mas nada. Há bastante tempo que está assim. Como eu já havia falado em vários outros comentários anteriores: Sou a favor da privatização (terceirização), desses órgãos públicos. Botar esse povo para trabalhar mesmo. Se atrasou, faltou, desconta no vencimento, mexe no bolso para ver como rapidinho soluciona… Dizem que o Governo vai parar de emitir os CRLV’s pois está custando muito caro a impressão do papel do documento e o envio pelos Correios. Porque ao invés de cortarem esses gastos que são poucos em comparação aos altos salários pagos as diferentes categorias de servidores públicos do Estado, não reduzem pela metade os salários de servidores do Judiciário, do Legislativo, das forças de segurança… Por que não?. Porque não “enxugam a máquina pública”. E para finalizar observo também que as agências bancárias aos poucos também vão deixando os seus clientes á deriva, mandando eles usarem os terminais de auto-atendimento, os aplicativos de celular, de computador, as plataformas digitais. Certo que muitos têm acesso a internet e sabem manusear co facilidade os meios, mas e as pessoas que não têm acesso á internet, não sabem usar o celular e o computador para fazerem suas transações bancárias. Estou falando das pessoas simples, humildes, de pouco ou quase nada de estudo, da zona rural, como ficam?. Resumindo: Pagamos altos impostos e não somos tão bem atendidos como deveria ser. ESSA É A MAIS PURA VERDADE!.

    1. Olá isso faz parte da nova ordem mundial a agenda de 2030 a população mundial naonesta atenta a Nova Ordem Mundial Um plano de ação Global para diminuir a população da terra está pandemia e sono início e documentos digitais e uma forma de ir conduzindo que a populacao concentre tudo em um só lugar o chip que será implantado no seu corpo para controle mundial, cabo Daciolo já alertou sobre isso e até mesmo Edir Macedo montou tube acham tudo sobre isso e só procurarem

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *