Projeto Conexão Mata Atlântica, sistema agroflorestal… resultados otimistas no campo

Nossa reportagem acompanhou no fim de semana a visita do coordenador do IEF em Muriaé e região, o engenheiro agrônomo, Valmir Barbosa Rosado, à propriedade rural de Eni Silveira Passos, localizada no distrito de Pirapanema, em Muriaé.

O pequeno produtor rural está participando do projeto Conexão Mata Atlântica, uma iniciativa do Governo Federal e dos governos de Minas, São Paulo e Rio de Janeiro, com apoio financeiro do Fundo Global para o Meio Ambiente ((Global Environmental Facility – GEF).

Nesta propriedade em Pirapanema, está sendo implantado também um sistema Agroflorestal em 4,5 ha, com o plantio de 1.832 mudas nativas e 1.192 mudas exóticas. O projeto forneceu todos os insumos para implantação e material para cercamento de 1.500 metros, tudo sob a supervisão do IEF de Muriaé. A satisfação vem de ambas as partes, na medida em que o projeto vai se desenvolvendo. O entusiasmo do produtor rural é grande, e demonstra a preocupação com as gerações futuras nesta questão do meio ambiente. (veja a entrevista no vídeo).

De acordo com o coordenador do IEF , Dr. Valmir Barbosa Rosado, a ação do projeto na Fazenda São José, procura respeitar o uso e aptidão agrícola do solo de acordo com seus potenciais, de forma a garantir o uso sustentável do solo e água, recuperar áreas degradadas, Reserva Legal e área de preservação permanente. Na Região de Muriaé foram 50 propriedades fomentadas com 78 projetos elaborados, somando aproximadamente 500 ha recuperados.

O projeto Conexão Mata Atlântica tem o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) como agência implementadora e a Fundação de Empreendimentos Científicos e Tecnológicos (Finatec) como executora financeira, com ação na Bacia Hidrográfica do Rio Paraíba do Sul.

Em Minas Gerais é executado pelo Instituto Estadual de Floresta (IEF), na microbacia do Rio Muriaé e Pomba. Nesta região da Zona da Mata em MG, são 175 propriedades rurais inscritos até o momento, somando um total de 1.621,74 hectares atendidos com cercamentos, doação de mudas e plantio.

VEJA MAIS FOTOS… clique em “Leia Mais”

Ver Mais Notícias


2 Comments

  1. Parabéns ao agricultor e amigo Eni da Silveira Passos e sua esposa.Fiquei contente ao ler esta reportagem que pude observar como vcs são exemplos de agricultores preocupados com os mananciais e as matas de sua propriedade.Todos os agricultores, deveriam seguir os passos de vocês.
    Fraternalmente,
    Aristides de O Torres

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *