RESOLUÇÃO 37 TRAZ O FUNCIONAMENTO DA CIDADE NO PERÍODO DE 12 A 18 DE ABRIL

A Resolução número 37 do Comitê Extraordinário Covid-19 de Muriaé traz as regras para funcionamento de atividades no município entre os dias 12 e 18 de abril. Vale lembrar que a inclusão de Muriaé na Onda Roxa do Minas Consciente é determinada pelo Comitê ESTADUAL da Covid-19.

O documento na íntegra está disponível para download em muriae.mg.gov.br/resolucao/.

Veja abaixo o resumo:

PODEM FUNCIONAR EM QUALQUER DIA E HORÁRIO

– Urgência e emergência médica e veterinária
– Farmácias e drogarias
– Serviços funerários
– Postos de combustível
– Transporte individual de passageiros (táxis e aplicativos)
– Restaurantes localizados em postos ou pontos de parada em rodovias (proibido consumo no local)
– Hotéis (exclusivamente para trabalhadores dos serviços essenciais)

PODEM FUNCIONAR DE SEGUNDA A SÁBADO, ENTRE 5H E 22H

– Consultórios médicos, clínicas veterinárias e unidades de atendimento
– Óticas e lojas de materiais hospitalares
– Supermercados, mercearias, hortifrutis, açougues, peixarias e padarias (proibido o consumo de produtos no local; entrada permitida para apenas uma pessoa por família)
– Bancos e casas lotéricas
– Agrossilvipastoris e agroindustriais
– Transporte e entrega de cargas e mercadorias
– Transporte público coletivo
– Oficinas mecânicas e borracharias (proibida a permanência de clientes no estabelecimento)
– Construção civil
– Atividades industriais
– Serviços de representação judicial e extrajudicial, assessoria e consultoria jurídica
– Serviços de contabilidade, imprensa, informática, telecomunicações e internet (proibida a permanência de clientes no estabelecimento)

PODEM FUNCIONAR ATRAVÉS DE DELIVERY (DAS 5H ÀS 22H)

Atenção: funcionamento autorizado somente através de delivery. O serviço de retirada NÃO está permitido no momento.

– De segunda a sábado: todos os demais serviços e atividades não citados nos tópicos anteriores
– Aos domingos: supermercados, mercearias, hortifrutis, açougues, peixarias e padarias
– Todos os dias: restaurantes, lanchonetes e similares

NÃO ESTÃO AUTORIZADOS

– Eventos, festas, reuniões e confraternizações em locais públicos e/ou particulares
– Cessão, empréstimo, liberação ou aluguel de imóveis, sítios e outros ambientes para a realização de eventos, festas, reuniões ou confraternizações, tanto na área urbana quanto na área rural
– Utilização de praças, parques, quadras, campos, ginásios, clbes, saunas, piscinas, academias, áreas de convivência e outros ambientes destinados à prática de atividades de esporte e lazer (inclusive em locais e condomínios particulares)

OBSERVAÇÕES

– Todas as atividades autorizadas devem cumprir os protocolos sanitários determinados: uso obrigatório de máscara, disponibilização de álcool 70%, distanciamento de três metros entre as pessoas e permanência de apenas uma pessoa para cada 10 metros quadrados de área livre

– O uso de máscara é obrigatório em todos os locais de circulação de pessoas

Ver Mais Notícias


13 Comments

  1. Bom dia.
    Sabemos que o momento é de grande desconforto: emocional, econômico, político, etc. Na busca para acalmar o comércio local, nossa administração pública com agilidade apresentou o novo modelo de funcionamento comercial na nossa cidade, sendo que teve um equívoco ao determinar muitas atividades que poderam operar e outras nem citadas.
    Comparamos um consultório médico com um salão de beleza ou barbearia, ambos respeitando o controle de atendimento qual seria a diferença nesse momento? Lojas de roupas, calçados e ônibus, essas atividades atendendo e mantendo a distância exigida qual a diferença?
    Acredito que favorecer por meio afetivo entre famílias de várias atividades econômicas não é uma solução senhor vice-prefeito.

  2. Por isso que manda fechar,é um desrespeito total,pessoas sem máscara nas ruas e querendo atendimento nas loja ,e já tem muitos comerciantes no centro funcionando normalmente,vergonha!

    1. Meu amigo, tem que ouvir as pessoas que desrespeitam o protocolo covi-19, essas mesmo que fazem surgi barreiras para o funcionamento das atividades econômicas de nossa cidade, todos nós precisamos trabalhar e prover o sustento familiar, os que estão em funções onde seu sustento está garantido, que continui em casa orando por nós que estamos lutando pela sobrevivência. Ir pedir comida num semáforo no centro da cidade não convém, acredito que o senhor mesmo não ofertará nem um pão com manteiga para matar a fome de uma família. É fácil julgar, mais existem pessoas em nossa cidade que moram em casas lindas e desfilam de carros caros e são mais pobres que os mendigos. Sociedade herança de Judas.

  3. Quem redige esses decretos não sabe o que está fazendo. Criam normas que NENHUM ESTABELECIMENTO RESPEITA.

    É resolução pra boi dormir!

    Fiscalização está preocupada APENAS em impedir a abertura do comércio, mas não fiscalizam os comerciantes que estão autorizados a funcionar.

    Farmácias, mercados, padarias, contabilidade, industria, clínicas e todos os outros… nenhum desses estabelecimentos respeitam o distanciamento de 3m um do outro, ou o limite de capacidade de 1 pessoa a cada 10m. O consumidor também não!

    Estão beneficiando alguns e prejudicando muitos! O comerciante precisa reivindicar ou a abertura total, ou o fechamento total! Qualquer outra opção é inaceitável e insensata.

  4. Meu amigo, tem que ouvir as pessoas que desrespeitam o protocolo covi-19, essas mesmo que fazem surgi barreiras para o funcionamento das atividades econômicas de nossa cidade, todos nós precisamos trabalhar e prover o sustento familiar, os que estão em funções onde seu sustento está garantido, que continui em casa orando por nós que estamos lutando pela sobrevivência. Ir pedir comida num semáforo no centro da cidade não convém, acredito que o senhor mesmo não ofertará nem um pão com manteiga para matar a fome de uma família. É fácil julgar, mais existem pessoas em nossa cidade que moram em casas lindas e desfilam de carros caros e são mais pobres que os mendigos. Sociedade herança de Judas.

  5. “Vale lembrar que a inclusão de Muriaé na Onda Roxa do Minas Consciente é determinada pelo Comitê ESTADUAL da Covid-19”.
    A frase acima é uma meia verdade, o município por conta própria está incluindo adicionais que não consta no decreto estadual.

  6. Quem quer que fecha tudo é a “professorada progressista”, que não quer voltar a trabalhar de jeito nenhum!!
    Vcs deram um tiro no próprio pé! Já caiu a Dilma falta só alguns do STF. O povo acordou…

  7. Me lembro da música do rei leão…kkkkkkk
    ” Vergonha, desgraça. Condenação para toda uma raça.”
    Me admira os intelectuais de plantão sendo arrastados pelo beiço e chamando os outros de ignorantes” para não ofender os animais”
    Brasil, um.pais de tolos. Peçam um levantamento de quanto os políticos eleitos pelos sábios, abdicaram de alguns benefícios para colaborar com a situação. Quanto foi o desconto dos impostos ou pelo menos tentativa de estabilizar os preços dos gastos essenciais para que as famílias passem com o mínimo? …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *