“A Luta”: filme rodado em Belisário, Pirapanema e Muriaé será destaque em festival de BH

“A LUTA”, do cineasta muriaeense Bruno Bennec participa do Festival 11ª Música para Crianças em BH neste fim de semana dentro da Mostra É tudo Criança.

Cena do filme “A Luta”

FESTIVAL DE MÚSICA INFANTIL: Um dos mais expressivos festivais de música infantil do país, o Música para Crianças vai transmitir mais de 10 atrações voltadas para toda a família, que vão ao ar de 03 a 09 de maio. A programação conta com shows, intervenções, videoaulas e uma mostra de cinema que exibirá o filme “A LUTA” de 07 a 09 de maio no canal do Festival. Dentre os artistas convidados, estão Rubinho do Vale, Cia Pé de Moleque, Trio Amaranto e Jhê.

O diretor de “A Luta” Bruno Bennec

O filme “A luta”, rodado em Belisário, Pirapanema e zona rural de Muriaé com artistas e equipe locais e de Cataguases foi rodado em 2016 através do edital Usina Criativa do Polo do Audiovisual da Zona da Mata e faz parte da seleção do leopoldinense Iano Almeida Oliveira, curador da Mostra de Cinema do FESTIVAL É TUDO CRIANÇA.

Iano Almeida Oliveira, curador da Mostra

A seleção de filmes buscou fazer uma conexão mais ampla entre músicas e sonoridades diversas dentro de produções cinematográficas voltadas para o público infantil, e o filme “A Luta”, de Bruno Bennec, traz a junção muito bem orquestrada dos sons com as imagens. O rádio, elemento sonoro condutor da narrativa, talvez não seja o som cotidiano da maioria das pessoas, como era no tempo do filme.

Reside aí a necessidade de trazer à tona para as novas gerações a história da música e da tecnologia em nosso país através do rádio. A poesia da trama, protagonizada por duas crianças, MINDIN (Luiz Gustavo Pereira Marcos) e TININ (Leandro Coimbra) é um convite a viajar no tempo, nas brincadeiras, nas fantasias e nos sons e imagens de “A Luta” durante 03 dias de Mostra de Cinema. Esta é a 11ª edição do Música para Crianças. O “É tudo criança” está junto ao Festival Música Para Crianças para construir uma programação de Cinema que incentive a criançada a imaginar, a buscar e criar novas possibilidades de percepção sonora”, ressalta Iano.

A cantora mineira, Roberta Campos

Saiba mais… clique logo abaixo em “Leia Mais”.

O rádio, elemento sonoro condutor da narrativa, talvez não seja o som cotidiano da maioria das pessoas, como era no tempo do filme. Reside aí a necessidade de trazer à tona para as novas gerações a história da música e da tecnologia em nosso país através do rádio. A poesia da trama, protagonizada por duas crianças, MINDIN (Luiz Gustavo Pereira Marcos) e TININ (Leandro Coimbra) é um convite a viajar no tempo, nas brincadeiras, nas fantasias e nos sons e imagens de “A Luta” durante 03 dias de Mostra de Cinema. Esta é a 11ª edição do Música para Crianças. O É tudo criança está junto ao Festival Música Para Crianças para construir uma programação de Cinema que incentive a criançada a imaginar, a buscar e criar novas possibilidades de percepção sonora”, ressalta Iano.

A Cantora mineira Roberta Campos é a autora das duas canções Originais que embalam as cenas do filme acompanhando as aventuras e artimanhas dos dois garotos. A captação de som, som designer e finalização é do também mineiro Sérgio Scliar em parceria com Marcelo Scaff. O diretor do filme Bruno Bennec falou sobre a importância da participação do filme neste festival de grande expressão nacional.

“O nosso filme tem traçado uma linda carreira durante esses 5 anos de participações em Mostras e Festivais nacionais e internacionais, e fazer parte do É TUDO CRIANÇA dentro do Festival de MÚSICA PARA CRIANÇAS é um grande orgulho para todos nós do filme “A luta”. Em nome da equipe agradeço a todos pela parceria e por estarem sempre levando a nossa arte por todas as telas. Parabenizo hoje em especial o maestro e compositor Wagner Tiso, a cantora e compositora Roberta Campos e ao Sergio Scliar e Marcelo por terem feito um trabalho tão especial no som e na alma do nosso filme”.

A curadora Beth Santos explica que a escolha da data do festival não foi por acaso. “O festival não é só para o público infantil. A família sempre está presente e essa é nossa homenagem às mães que são grandes responsáveis por inserir os filhos no mundo das artes”, revela. A cantora e percussionista Júlia Tizumba participa com o lançamento do single “Mãe na Pandemia” justamente no dia 9, dia das mães.

Os shows acontecem no final de semana, mas o projeto preparou um esquenta que começa na segunda, dia 3, com uma série de videoaulas para a criançada. “A ideia é continuar usando as telas dos celulares, tablets e computadores para acompanhar a programação, mas dar a elas um novo uso, mais ativo, não só assistindo coisas sem participar delas”, explica Beth Santos.

O festival Música para Crianças é patrocinado pela Lei Aldir Blanc.

Mostra de Cinema

07 a 09 de maio
Onde: canal do YouTube

SELEÇÃO DE FILMES

A Luta | Bruno Bennec | 16 minutos

Mariana Conta | Miriam Rolim + participantes de oficina | 2,5 minutos

Curta-metragem de animação produzido através de Oficinas do É Tudo Criança, com crianças do 3º ano da Escola Municipal Botelho Reis, de Leopoldina, Minas Gerais. Oficina Brincadeiras Animadas, com Mírian Rolim e música de Rubinho do Vale.

O som do artilheiro | Filipe Parolin | 18 minutos

Chiquinha Gonzaga | Série Mytikah O Livro Dos Heróis | 7 minutos

Rock Pauleirinha | Marcio Nigro | 3,5minutos

Onde: https://youtube.com/c/M%C3%BAsicaparaCrian%C3%A7as
Instagram: @festivalmusicaparacriancas

Ver Mais Notícias


One Comment

  1. Nossa esse filme tem estado na mídia há muito tempo isso mostra o quanto tem levado o nome de nossa cidade Brasil afora. Assisti e recomendo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *