1ª Rodada de Negócios do Centro de Distribuição

O evento ‘1ª Rodada de Negócios’ aconteceu hoje (23) no Tatersal do Sindicato Rural com a presença de agricultores e comerciantes da região, além dos parceiros Sicredi, Emater, Sebrae. A Prefeitura de Muriaé, através das secretarias de Agricultura, Meio Ambiente e Desenvolvimento Econômico organizaram os trabalhos para dar efetivação ao novo Centro de Distribuição Municipal.

A atividade objetiva incentivar empresários e compradores do segmento de bares, restaurantes, empresas de delivery, hotéis e hospitais a comprarem mercadorias diretamente dos produtores da Agricultura Familiar, evitando intermediários.

Estiveram presente o prefeito de Muriaé, José Braz; os secretários de Agricultura e Meio Ambiente, Carlos Kneip; de Desenvolvimento Econômico, César Augusto Bianchi Botaro; de Governo, Paulo Sérgio Amaral e os secretários adjuntos de Agricultura e Meio Ambiente, Fernando Levati; e de Desenvolvimento Econômico, Leandro Latini Veiga.

Também o engenheiro agrônomo Robério Torres representando a Emater MG; o gerente da agência Barra do Sicredi, Eduardo Gonçalves Reis e o gerente regional do Sebrae, João Roberto Marques Lobo.

Da Emater ainda estiveram presentes Adenilson Chaves e Áurea Alice que conversaram com os produtores acerca de cultivares. O analista da microrregião do Sebrae, Francisco Herédia explicou sobre o suporte para as empresas e como transformar a produção em negócio rentável.

O Sicredi, através dos gerentes de Agronegócio, Cássio Silva Costa e da agência Centro, Jeferson da Costa, apresentaram aos produtores e empresários presentes linhas de crédito que podem contribuir na geração de renda e ampliação de área produtiva e comércio.

O prefeito José Braz lembrou que todos os produtores rurais da Agricultura Familiar contam com o apoio e suporte do município e que a prefeitura estará ao lado daqueles que trabalham e lidam diariamente no campo. “O progresso do Brasil vem do campo. Temos que ser gratos aos homens e mulheres do campo, pessoas que acreditam na força que vem da terra. Nós estamos ao lado de vocês e dos comerciantes de Muriaé”, enfatizou.

Ver Mais Notícias


3 Comments

  1. LEI ORGÂNICA DE MURIAÉ (MG)
    Art. 167 – O Município criará e manterá o Conselho Municipal de Desenvolvimento Econômico, e terá por objetivo estimular e orientar a produção, a expressão do mercado de trabalho, o desenvolvimento tecnológico do Município, a
    racionalização e a coordenação das ações do Governo Municipal e o incremento das atividades produtivas, bem como defender os interesses do povo através da política de defesa do consumidor, e promover a justiça e solidariedade social.
    § 1º – Na composição do Conselho, será assegurada a participação da sociedade civil.
    § 2º – A lei regulará a composição, o funcionamento e as atribuições do Conselho Municipal de Desenvolvimento Econômico, no prazo de 90 dias, observados os dispositivos da Constituição Estadual.

  2. Ué, tá podendo ter eventos? Então pode liberar os músicos pra eles trabalharem, já que a Prefeitura e Fundarte nada fizeram desde o começo da pandemia para a classe artística….Se pode ter evento da prefeitura, pode ter música ao vivo, até pq momento algum liberaram os músicos de seus impostos né.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *