CASO DA MANICURE NAYARA: “TRAMA MOTIVADA PELA GANÂNCIA”

POLÍCIA CIVIL FALOU DA PRISÃO DO POLICIAL MILITAR. MOTIVAÇÃO SERIA DIVERSAS APÓLICES DE SEGUROS DE VÁRIAS SEGURADORAS DIFERENTES EM NOME DA VÍTIMA, QUE ULTRAPASSAM R$ 15 MILHÕES E PODERIAM CHEGAR A R$ 23 MILHÕES. 

VEJA O VÍDEO COM A COLETIVA COMPLETA 

A Polícia Civil de Muriaé, através de Delegacia de Homicídios coordenada pelo delegado Tayrony Espíndola, em entrevista coletiva na tarde desta terça-feira, 22 de junho, deu mais detalhes sobre o assassinato da manicure, Nayara Andrade Rocha, 34 anos de idade, baleada no seu local de trabalho, em um salão de beleza, na Rua Belisário, Barra, no dia 01 de junho deste ano, por volta das 8 horas da manhã. Segundo as autoridades, ela foi atingida por quatro tiros (nos ombros e perna), foi socorrida em estado grave e morreu dois dias depois no Hospital São Paulo, na quinta-feira, dia 3 de junho.

Delegados Gleyson, Tayrony e Alessandro da Matta (Regional), Major PM Wesley

Na ocasião o autor dos disparos chegou em um  carro de cor escura, entrou no salão e rapidamente saiu após atirar na vítima, que chegou a ser socorrida, mas devido a gravidade dos ferimentos, morreu no HSP, dois dias depois.

A partir daí, entrou em cena a DHPP de Muriaé (Delegacia de Homicídios), que após 20 dias de intensas e delicadas investigações, cumpriu Mandado de Prisão na casa de um sargento da Policia Militar de Muriaé, suspeito de envolvimento na morte da manicure, Nayara, fato ocorrido na noite desta segunda-feira, sendo efetuado a prisão e seguido todos os trâmites legais neste caso, inclusive com a presença de policiais militares de Muriaé.

Nesta terça-feira, às 14 horas, em entrevista coletiva na sede da 4ª Delegacia Regional de Polícia Civil de Muriaé, veio a tona os detalhes das investigações. Participaram da Coletiva de Imprensa o delegado Regional de Muriaé, Alessandro da Matta, o comandante da Cia. PM de Carangola, Major Wesley, representando o comandante do 47º Batalhão da Polícia Militar de Muriaé, Ten. Cel. Márcio, que está em curso em Belo Horizonte e os delegados Tayrony Espíndola e Glayson Souza.

– No dia do crime, o carro usado era de fora, de Santa Luzia-MG, e a Polícia Civil ainda investiga se o policial militar pode ter sido o atirador.
– Carro foi localizado em Viçosa e lá já estava com nova placa.
– Policial tentava confundir a própria PM no dia do crime, sobre localização de outras ocorrências em curso.
– Motivação principal: “foram contratados vários Seguros de Vida em nome da vítima, junto a diversas Seguradoras diferentes. Por isso o valor total das indenizações, somadas, alcançam essa cifra”, ultrapassando R$ 15 milhões e podendo chegar a um valor total de R$ 23 milhões.
– O policial militar chegou a viajar um dia antes pra deixar sua motocicleta em Viçosa para então retornar após deixar o carro usado no crime.
– No momento, a PC descarta crime passional
– Policial ou outra pessoa teria marcado um serviço no salão e ligava que estava chegando. Quando foi ao local; ela estava sozinha aguardando o cliente, e foi vítima do assassinato.

  • Segundo a Polícia Civil, Nayara não sabia sobre Seguro de Vida tramado pelo seu primo e sua mãe estaria sendo enganada assinando papéis.
  • Policial está preso no Batalhão da Polícia Militar de Ubá
  • Outro suspeito de 39 anos de idade, havia sido preso em Santa Luzia na quinta-feira passada, dia 17, conforme informou a Polícia Civil em sua coletiva.
  • Matéria atualizada com novos detalhes (08h25 de 23/06/21). 
Ver Mais Notícias


24 Comments

  1. Pode até ser isso mesmo, mas, 23 milhões pra uma trabalhadora, estranho, seguradora faz isso mesmo? Muito estranha essa VERSÃO.
    Também faltou foto e nomezinho do gente boa aí. Em outras situações, outros presos tem fachada de suas casas, imagens exibidas, pela própria PM.
    Qual a ligação entre eles? Esperariam receber 23 milhões assim tranquilos?
    ÉÉ. igual ao do motoboy baleado tempos atrás, cada versão apresentada que nem Sessão da Tarde ou Tela Quente conseguem imaginar…

  2. é uma pena que a cadeia de policial seja diferenciada, tinha que prender junto com os bandidos normais kkkkk rapidinho a justiça cantava rsrsrssr

  3. Isso mesmo …., bem pensado. É igual na covardia e maldade deveria se igualar a bandidagem que eles tem prazer em prender, senão matar, tipo Lázaro. Mas esse é o Pais dos MAIS IGUAIS, todos são iguais perante a Lei, mas alguns são mais IGUAIS que outros…

    1. Patriota, Lázaro e estuprador, assassino frio e cruel. Se for preso vai escapar de novo, se continuar preso você e toda a sociedade vai bancá-lo por muitos anos. Nem todo policial é assassino ou corrupto. Poupe os que arriscam as suas vidas por uma sociedade mais segura.

  4. Um cidadão de bem , apoiador do … envolvido em assassinato ,que horror . Prefiro ser um esquerdista maconheiro , com os cidadãos de bem gostam de nos chamar.

    1. Sério msm ??Seu cérebro já tá tão debilitado que não consegue nem interpretar as palavras?? Uma pessoa q mata não pode ser considerado um “cidadão de bem” se ele apoia o governo?! Cada um é livre pra ter suas próprias opiniões.

  5. A que ponto o ser humano chega.cara com emprego com toda vida para fazer sociedade melhor faz uma merda dessa .pena que nosso país não tem pena de morte

  6. Sério msm ??Seu cérebro já tá tão debilitado que não consegue nem interpretar as palavras?? Uma pessoa q mata não pode ser considerado um “cidadão de bem” se ele apoia o governo?! Cada um é livre pra ter suas próprias opiniões.

  7. Agora uma pergunta que faço: Será que esse criminoso vestindo o uniforme da PMMG depois de ficar preso e cumprir as punições administrativas e disciplinares ainda vai voltar a integrar as fileiras da Polícia Militar de Minas Gerais?. Será?. O mínimo que a PMMG possa é EXPULSÁ-LO da corporação!. MANDAR PARA O OLHO DA RUA!. Mas nesse país as leis não funcionam. Para uns até o boi dá leite…

  8. Parabenizar a Gloriosa POLICIA CIVIL em Muriaé. Já há algum tempo essa Delegacia vem apresentando bons resultados. Pra quem tem um mínimo de noção, sabe bem como é difícil fazer uma investigação complexa como essa e juntar todas as peças do quebra-cabeça. Apesar da tristeza da notícia, orgulhoso e satisfeito pela atuação da PC.

  9. parabéns mais uma vez aos amigos da POLÍCIA CIVIL que sempre demonstram profissionalismo e acima de tudo mostraram que aqui na nossa cidade homicídio é investigado independente de quem seja.

    o nome acredito não ter sido divulgado para proteger a família e amigos

    a pena dele será aumentada por ser militar e funcionário público

    vamos respeitar as policias, pq elas fazem um excelente trabalho em nossa cidade

    se nosso país não tivesse sido governada por tantos corruptos, hoje teríamos leis que não compensassem o crime

    foto, como assim, tem aqui no site foto de um autor preso. não pode mais por lei, porém os desinformados não sabem nada disso

    1. Verdade. Inclusive o mito que foi deputado por 7 mandatos consecutivos e nada fez… mas o que esperar de um militar que transgrediu o código militar por tantas vezes, ameaçou plantar bomba e quase foi expulso… há sim, mas ele não é corrupto né, kkkk, vamos ver…

  10. Parabéns à Polícia sim, mas sem esquecer que esse golpe desse … tem muita maldade e pouca inteligência. Nunca a seguradora iria pagar um valor desses sem investigar a fundo. Iria ser descoberto mais cedo ou mais tarde. …..
    Moça trabalhando, covardia junto da burrice.
    Só não entendi porque em cada mídia aparece um valor: 23, 22 agora 15 milhões, ouvi 7 milhões na rua, qualquer um deles é muita coisa.
    Não entendo como seguradora aceita sem supeitar, como gente comum do povo faria seguro tão alto se não fosse rolo? Ganância da seguradora também, tava na cara que era golpe, se investigassem antes até a vida da pobre moça poderia ter sido salva.
    Cadeia nesse EX-policial, …da pior espécie, e claro que não agiu sozinho.
    Quando um CPF, uma identidade de alguém se torna beneficiário de um seguro tão alto a pessoa no mínimo deveria ser comunicada pela seguradora pra tomar ciência e sondar os motivos com o próprio beneficiário porque é claro indício de treta.

  11. Fato curioso: Por que quando aquele sargento da Aeronáutica foi preso na Espanha traficando drogas no avião da FAB, logo a mídia divulgou a identidade do militar e sua foto. A imprensa levou a público quem era e se tratando de um membro das Forças Armadas, um graduado da Força Aérea Brasileira. E por que a PMMG não deixa revelar a identidade desse sujeito e publica a foto dele?. Ele não é policial militar, não é agente de segurança pública?. Acho que teria que expor a identidade do sujeito assim como foi feito com o militar da FAB.

  12. O Mito tem razão, todo cidadão de bem deveria ter o direito de portar uma arma para se defender, minha cabeça pode estar a prêmio de 23 milhões e eu nem sabendo disso !!!

    1. Mito…. Ainda tem gente que pensa assim?
      O seu mito só se esqueceu de que a maior arma é a surpresa. Nesse assassinato da reportagem, temos um policial preparado, com anos de carreira militar contra uma mulher, civil e totalmente despreparada, que foi surpreendida. A ideia de armar cidadãos, ao meu ver, seria boa se se aplicasse a fazendeiros ou mulheres que sofressem ameaças de ex marido, por exemplo, com cursos intensivos de tiro. Agora, o que o “mito” deveria ter feito como parlamentar era propor penas mais rígidas contra o crime.
      Essa é minha opinião.

  13. Tanto polícia civil como a militar está cointando o sargento !!! Fato ! Pq n divulgar o nome dele ??? Mas fácil de esconder da população que vai acontecer se e vai com ele alguma coisa…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *