Carro oficial do Gabinete da Prefeitura de Vieiras incendiado durante ato de vandalismo na Capital

OUTROS CARROS E MOTOCICLETAS TAMBÉM FORAM ALVOS DO VANDALISMO

Nossa reportagem entrou em contato com o prefeito de Vieiras (44 Km de Muriaé), Ricardinho Maia o qual confirmou na manhã desta terça-feira (20), que o veículo VW Virtus da Prefeitura de Vieiras, foi incendiado durante uma ato de vandalismo em uma rua da capital mineira. Todas as providências já estão sendo tomadas juntos as autoridades policiais.

“Durante viagem a Belo Horizonte para buscar melhorias para nossa cidade, me deparei, na manhã desta terça-feira, dia 20, com o veículo de uso exclusivo do nosso Gabinete todo queimado, objeto da ação de vandalismo no bairro Colégio Batista, onde o automóvel estava estacionado e seria usado para retorno a Vieiras após compromissos na capital mineira e em Brasília.

O veículo, de modelo VW Virtus era um dos poucos em condições de uso na Prefeitura. Além do automóvel do Gabinete, outros carros e motocicletas de outros proprietários também foram atingidos. Esta é uma situação lastimável de perda de material e recursos de trabalho. A Polícia já está investigando o fato e acredito que em breve vai localizar o suspeito”, relata o prefeito.

JORNAL O TEMPO TRAZ DETALHES SOBRE INCÊNDIO E PRISÃO DO AUTOR

O homem de 26 anos que incendiou cinco carros e uma motocicleta no bairro Colégio Batista, na região Leste de Belo Horizonte, retornou aos locais dos crimes para conversar com moradores e acompanhar os trabalhos do Corpo de Bombeiros. A informação foi divulgada em coletiva da Polícia Civil, na tarde desta terça-feira (20).

O primeiro ataque foi registrado por volta das 21h, dessa segunda-feira (19), na rua Itamonte. O homem agiu da mesma forma nos cinco casos. “Ele ateava o fogo na espuma e ficava observando para ver se as chamas iriam destruir os automóveis. Ao ser abordado, ele confessou espontaneamente ter ateado fogo nos carros sem motivo justificado. Ele também indicou os instrumentos usados: um isqueiro e espumas de material sintético. Depois do primeiro incêndio, ele chegou a retornar para a residência para pegar mais espumas e cometer novos incêndios”, explicou o delegado Eduardo Hilbert.

Os policiais chegaram ao imóvel em que o investigado mora, também na região Leste da capital, e foram recebidos pelo irmão dele, que autorizou a entrada da equipe.

O suspeito foi localizado em um dos quartos com a mesma roupa usada nos ataques e dormindo. Na casa também mora o pai dele, que tem problemas de saúde.

Ainda conforme a polícia, o homem é usuário de drogas e afirmou ter usado crack antes dos ataques. “O investigado é usuário de drogas. Ele já é investigado pela prática de um outro incêndio, em uma residência na mesma região no fim do ano passado. Ele também é protuaridado pela prática de furtos aqui na região”, detalhou o delegado.

Outro ponto que chamou a atenção foi a presença de um cachorro nos locais dos incêndios. Imagens de câmeras de monitoramento flagraram o animal com o homem. O mesmo cão de estimação foi encontrado na casa da família.

Segundo a Polícia Civil, ainda não é possível informar o valor do prejuízo com a queima dos veículos. Os proprietários dos carros e moto serão ouvidos ainda nesta semana.

O homem foi autuado pelo crime de incêndio e pode pegar uma pena de três a seis anos de prisão. A pena pode ser aumentada de 1/6 a 2/3 devido aos ataques em série.

Ver Mais Notícias


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *