Secretaria de Obras vai acionar empreiteira sobre afundamentos e degraus em obra do Safira

O surgimento de afundamentos e também degraus em pontos de caixas em obra de drenagem pluvial na Av. Silvério Campos, no bairro Safira, tem trazido transtorno para o trânsito. Neste fim de semana, o secretário de Obras, Carlos Kneip, passou pela região fazendo um levamento; e já havia adiantado que vai acionar a empreiteira da obra para reparos desses trechos. Também está sendo visto a eficiência das bocas de lobo que tem a função de captar o grande volume de chuva que desce a avenida.

Ver Mais Notícias


6 Comments

  1. O pior asfalto que já vi em toda minha vida e também aquela montanha que tem perto da sua residência senhor José braz e várias outras que o fundo do carro arrasta em todas aqui na rua Jorge barroca no São Francisco foi feito pela o dimubremolas tem que respeita um pior que o outro

  2. comcordo pior asfalto na saida do trevo do bairro gaspar mais precisamente na porta da HEVAM diesel tem crateras enormes que dificulta o transito ate de pedestre que tem que conviver com os picinoes que forma com as chuvas . E um descaso

  3. Essa avenida tem q ser toda reasfaltada.
    Essa empreiteira tem q resolver esses problemas em definitivo.
    Sempre eles ficam remendando o serviço.
    Sempre tem um vazamento, um buraco novo.
    Muito mal feito o serviço.
    Tem q ser acionada mesmo.
    Parabéns à secretaria.
    Cobre providências.

  4. Não é só afundamentos. A abertura das valas se dá, em quase toda largura da rua. Essa empreiteira tem o capricho de asfaltar (e muito mal) somente onde foi aberto.
    Ou seja: o que custa, arrancar o resto do asfalto lateral e recapiar a largura inteira da rua. Fica uma rua ARREMENDADA de aspecto feio. Economia e serviço PORCO!!!

  5. Isso vai dar em nada,nossa política e suja demais,isso tem que estar em contrato obras ,e asfaltar toda avenida,mas os medalhões podem tudo,fazer o que quiser,essa avenida ficou uma merda, porqueira,do ir até lá e ver,as águas ainda estão passando a milhão pela rua,espera tempos das águas e me fala,

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *