Região se destacando no plantio de uva

A Prefeitura de Muriaé recebeu a visita do Padre Gervásio, de Laje do Muriaé (RJ) que veio à cidade buscar detalhes do plantio e cultivo de uva, assim como para colher novos conceitos sobre o processo de produção dos vinhedos da região. Em reunião com o presidente da Associação de Fruticultores do município, Amaury Guarçoni, trocaram informações de como preparar as mudas, tipo de solo, espécies e evolução da cultura para se obter o melhor rendimento.

O projeto já é desenvolvido em várias propriedades da cidade e localidades vizinhas. “O padre ficou sabendo que estamos a frente da produção de uva em terras muriaeenses e que hoje já temos produtores locais que estão cultivando a vinha e ganhamos experiência, tendo a certeza de que estamos no caminho certo. Tenho a certeza de que seremos uma referência na produção de uvas de mesa e sucos”, explicou Amaury Guarçoni.

Os objetivos da Associação de Produtores de Uva de São Sebastião da Vargem Alegre e Região se multiplicaram pelas propriedades. Hoje, produtores colhem as uvas de mesa e sucos, como é o caso de Rudimar Matei, Ladir Antônio da Silva, viticultores do distrito de Pirapanema. Há também aqueles que, por hora, estão desenvolvendo o plantio, como Fábio Cerqueira e o próprio, Amaury.

No município de Rosário da Limeira, Waldinei Bicalho, já colhe uvas para comercialização da fruta e fabricação de suco, assim como em Mirai, a referência é Zilda Marta Cândido, que tem boa produção. Nestas localidades há ainda os que começaram a desenvolver a cultura, como Alice Marques, Eduardo Almeida e Saulo da Cunha (Miraí), além de Luiz Carlos da Silva, João Dias Barbosa, Francisco Gouvêa e José Geraldo da Silva (São Sebastião).

Neste momento, os novos viticultores estudam as espécies que melhor se adaptam as condições climáticas de cada localização. Fazem periodicamente experiências e constatam quais são as uvas mais aceitas na região. As mais citadas são Niagara Rosada, Bordô, Carmem e Isabel Precoce.

Ver Mais Notícias


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *