COMITÊ DA COVID DE MURIAÉ REUNIU NESTA SEXTA. VEJA O VÍDEO COM A ENTREVISTA

ENTREVISTA COLETIVA NESTA MANHÃ DE SEXTA-FEIRA NO GABINETE DO VICE-PREFEITO E SECRETÁRIO DE SAÚDE, DR. MARCOS GUARINO. VEJA O VÍDEO

O vice-prefeito e secretário de Saúde de Muriaé, Dr. Marcos Guarino e o médico infectologista, Dr. Daniel Licy falaram sobre a Covid, a variante ômicron, procura pelas unidades de saúde, internações, doença mais branda em vacinados, inclusive com dose de reforço; poder de proliferação da variante ômicron, e ainda que não há testagem para todos e nem uma unidade de atendimento especial para pacientes com sintomas gripais ou suspeita de Covid, a pessoa procurar primeiro as unidades de saúde do município, depois a UPA e por último os hospitais. Falou da vacinação infantil contra a Covid. Guarino ainda relatou que segue as normas do Comitê Estadual do Covid e qualquer alteração, será avaliada também pelo município de Muriaé. Foi perguntado sobre o show que acontece em Muriaé no domingo, o secretário disse que não tem determinações do estado sobre isso, mas a saúde do município estará acompanhando os cumprimentos de normas sanitárias impostas aos organizadores.

Dr. Marcos Guarino e Dr. Daniel Licy, infectologista

Com relação aos números da Covid em Muriaé, na tarde desta quinta-feira foi divulgado o novo Boletim: “Com 97 novos casos de Covid confirmados, Muriaé chegou à marca de 477 pacientes ativos. O número é um novo recorde desde o início da pandemia.

Deste total de 477 muriaeenses que estão em recuperação da Covid no momento, nove estão internados em UTIs, sendo que quatro deles estão intubados.

No entanto, outros oito leitos de UTI nos hospitais de Muriaé estão ocupados por pacientes que moram em outras cidades.

Ou seja: com a variante ômicron causando recordes de contágio por todo o país, as regras para evitar ainda mais a disseminação da Covid seguem sendo as mesmas: vacinar-se com todas as doses disponíveis, usar máscara e não frequentar ambientes de aglomeração”.

Ver Mais Notícias


16 Comments

      1. O que está errado, é errado em todo lugar: nas festas, nós comércios, nas academias, nas igrejas e qualquer outro local. E em qualquer lugar, quem está errado é o errado na história. Parem de agir errado e colocar a nos outros ou nos governantes. Assuma cada um sua responsabilidade que já começa a melhorar!

  1. Para os que não querem se vacinar, para os que fazem aglomeração, e não respeitam as medidas sanitárias. Quando procurar por assistência médica, simplesmente deixem sem atendimento, mandem todos para casa. Esse povinho que diz não ter medo de pegar COVID, deixem passando aperto em casa. Eita povinho sem empatia.

    Cadê o prefeito para barrar o show. Faça valer seu poder e só dar uma caneta para adiar. Cadê prefeito?

    1. Pois é Marcos, sem contar a quantidade de muriaeenses e outros amontoados nas praias do sul do Espírito Santo principalmente na Praia do Morro em Guarapari. Ostentação pura… A vida é feita de escolhas e consequências também.

    2. FICA EM CASA VC ZÉ POVIN KKKK VC NÃO TEM INTELIGÊNCIA, SE TODOS PAGAM IMPOSTOS TODOS TEM DIREITO A ATENDIMENTO MÉDICO !!! MAS PODE FICAR TRANQUILO VOU DEIXAR O SUS PRA VC KKK NA FESTA QUEREMOS GENTE BONITA E COM DINHEIRO, ENTÃO FICA EM CASA …AJUDA A GENTE AÍ…A FESTA FICA MELHOR SEM VC KKKK

  2. Sempre o mais do mesmo, aí sempre ouvimos, a saúde desde seus primordios em Muriaé falta vaga no hospital, parece que é só reunião para uma verba extra para seus participantes , para decidir nada , já que é o minas consciente que decide. Gostaria de saber sobre os milhões para o hospital de campanha? Para onde vai o dinheiro de janeiro enviado? Visto que foi dito que as equipes já foram desfeitas.
    O povo sofre e os chefes que nada sabem se engordam mais mais.
    Como já dizia as filosofia das meninas: o resultado todo mundo já conhece…

  3. A verdade é que cada um tem que cuidar de si, porque se formos depender dos órgãos competentes, não vamos ter saída. Alvarás para realizações de shows na boate, bares com aglomerações, pessoas sem máscaras nas ruas, tudo isso os órgãos competentes poderiam evitar, com a negativa de alvarás e fiscalização e multas perante o cpf, como acontece em outras cidades, onde esses órgãos são competentes e não buscam “agradar”o eleitor. O que virá depois do carnaval vai ser um caos. Que Deus nos proteja!

  4. Acostumem- se com isso….a COVID não vai deixar de existir tão cedo, e outras variantes irão aparecer, se tem vacina disponível, quem se sentir a vontade de tomar, faça isso, os casos estão altos, mas o número de pacientes graves são baixos, e mortes zeradas, talvez seja o efeito da vacinação, pois bem, a um ano atrás era isso que se buscava né? Então, penso que a vida deve seguir normalmente, não tem como mais parar, disseram em determinados momentos que deveria parar tudo, fechar tudo, e foi o que foi feito, hoje colhemos os frutos disso infelizmente, nossa economia foi por agua a baixo, tudo caro, preços absurdos e a tendência é cada vez mais aumentar, então, vamos pensar bem no que a gente diz e deseja, vamos ter que conviver com a COVID por um bom tempo, mas acredito que o primeiro objetivo foi alcançado que é diminuir os casos graves, talvez por efeitos da vacina, agora é rezar, tomar os cuidados, e sim, que pode e tem condições, se isole, mantenha o distanciamento.

  5. Bom a pandemia já vai fazer praticamente 2anos,o povo sabe que o maior contágio são as aglomerações e o não uso das máscaras,quanto ao show dia 23,vai quem quer, ninguém está obrigando a comprar ingressos,todos sabem que as consequências vem depois,o contágio vai ser grande isso é fato,quem tem seu plano de saúde ou pode pagar uma consulta vai na rede privada,quem não tem vai no SUS e espera a vez de ser atendido, porque o pessoal que estão na linha de frente , estão saturados e exalstos com tantos atendimentos.

  6. Deixa continuar o show e as casas de festas continuar que ja ja fecha tudo de novo,os bons paga pelos errados, os baderneiros vai fazer fechar tudo de novo, espera só passar o carnaval para vcs ver!!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *