Saiba o que pode e o que não pode levar ao Estádio Soares de Azevedo em dia de jogos

A Polícia Militar de Muriaé e a empresa de segurança privada do Estádio Soares de Azevedo, do Nacional de Muriaé, traz informações importantes sobre a entrada de materiais no estádio em dias de jogos. Veja o que é proibido e liberado:

Foto aérea Brunno Estevão

1. Armas de qualquer tipo ou objetos que possibilitem a prática de violência;

2. Qualquer objeto que possa ser usado como arma ou para cortar, apunhalar ou esfaquear, ou como um projétil, especialmente guarda-chuvas ou guarda-sóis e outros objetos similares;

3. Garrafas, copos (exceto copos de plástico), jarras, latas ou qualquer outra forma de recipiente fechado, de qualquer tipo, que possa ser atirado ou causar lesões, bem como outros objetos feitos de vidro ou qualquer outro material frágil, estilhaçável ou especialmente duro, embalagens Tetrapak ou caixas térmicas duras;

4. Fogos de artifício, bombas, sinalizadores e outros artifícios de fumaça ou pirotécnicos similares;

5. Narcóticos ou similares;

6. Material relativo a causa ofensiva, racistas ou xenofóbicas, tema de caridade ou ideológico, incluindo mas não se limitando a cartazes, bandeiras, sinais, símbolos e folhetos, objetos ou roupas, que possam interferir com o aproveitamento do evento por outros espectadores, tirar o foco desportivo do evento ou que estimulem qualquer forma de discriminação;

7. Mastros de bandeiras ou cartazes de qualquer tipo que não estejam autorizados através de ofício junto ao 47º Batalhão de Polícia Militar. Somente será permitida a entrada de mastros de bambu tratado, não sendo autorizada entrada de mastros de qualquer outro material, tais como tubos de PVC.

8. Quaisquer tipos de animais, exceto cães-guia. Nesse caso, um torcedor do estádio que pretenda entrar com um cão-guia, deverá apresentar os documentos originais, ou cópia autenticada dos mesmos, que comprovem sua deficiência visual; e comprovem a qualificação do cão como cão-guia, nos parâmetros estabelecidos pelas normas aplicáveis;

9. Quaisquer materiais promocionais ou comerciais, incluindo, mas não limitando a cartazes, bandeiras, sinais símbolos e folhetos ou qualquer tipo de objeto, material ou roupa promocional;

10. Tigelas e projéteis, independente do tamanho;

11. Latas de spray de gás, substâncias corrosivas, inflamáveis, tintas ou receptáculos contendo substâncias que são prejudiciais à saúde ou altamente inflamáveis. Isqueiros comuns de bolso para cigarros são permitidos;

12. Objetos volumosos tais como escadas, bancos, cadeiras dobráveis, caixas e recipientes de papelão. “Volumoso” é quaisquer objeto que sejam maiores que 25cm x 25cm x 25cm e que não possam ser guardados em baixo das cadeiras da arquibancada;

13. Grandes quantidades de papel ou rolos de papel;

14. Instrumentos que produzam volumes excessivo de barulho, tais como megafones, sirenes ou buzinas a gás;

15. Qualquer instrumento musical, incluindo vuvuzelas, sem autorização por ofício do Batalhão da Polícia Militar. Instrumentos musicais serão permitidos, desde que vistoriados pela equipe policial.

16. Instrumentos que emitam raio laser, apontadores a laser ou objetos similares;

17. Grande quantidade de pó, farinha ou similares;

18. Outros objetos que comprometam a segurança pública e/ou prejudiquem a reputação do evento, conforme avaliação ao exclusivo critério das autoridades policiais e comitê de crise do Estádio Soares de Azevedo.

Ressaltamos que todos os materiais serão vistoriados na entrada no estádio.

Ver Mais Notícias


2 Comments

  1. Gente , sou tão apaixonado pelo NAC que passo até mal nos jogos em casa. Posso entrar com meu marca passo , ou ofereço risco ? Tenho uma camisa do lula . Será que seu usá_la estarei fazendo apologia ao crime ? Não me deixaram entrar com o meu rádio no último jogo e fiquei muito deprimido.Não sei o que fazer pois o NAC é a razão do meu viver!!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *